O que fazer para se tornar farmacêutico no Canadá?

56
91306

Após a publicação da matéria Piso salarial do Farmacêutico no Mundo, muitos farmacêuticos entraram em contato para solicitar mais informações sobre o processo para conseguir a licença para atuar como farmacêutico no Canadá, visto a grande valorização e alta remuneração dos profissionais neste país.

A realidade que o processo não é nada simples, principalmente levando-se em consideração o nível de ensino e a grade de matérias no Brasil, que na maioria das vezes, infelizmente, é muito inferior ao exigido no Canadá.

Para melhor compreensão, e até como relato pessoal, trouxemos a público o depoimento de uma grande farmacêutica, formada inicialmente em farmácia industrial em São Paulo, através de uma das melhores Instituições de ensino no país, e que ao terminar a faculdade mudou-se para o Canadá iniciando sua carreira neste país.

Sendo assim, as informações contidas neste texto foram extraídas de um depoimento real e tem como intuito mostrar a todos os profissionais brasileiros a verdade sobre o nosso ensino e como estamos muito atrás comparados a outros países:

Depoimento de uma brasileira farmacêutica

farmaceutica-canada

 

Relatos verídicos de uma farmacêutica brasileira no Canadá.

Caros colegas, o processo para se tornar uma farmacêutica no Canadá é longo!  Nao é fácil. Mas como tudo na vida, quando se quer  muito, vale a pena!

O processo todo é composto por diversas etapas. e para melhor compreensão, seguem a descrição de cada um dos processos nos quais o farmacêutico brasileiro deve se submeter:

 

Etapa 1 

Avaliação do histórico escolar

Primeiro de tudo o farmacêutico brasileiro tem que contactar o PEBC (Pharmacy Examining Board of Canada).  Eles te darão toda a lista do que deve ser feito para a validação do diploma de farmacêutico.

Logo de início, o  PEBC  pedirá para que toda a  documentação da sua faculdade/universidade (histórico escolar) para avaliação.

Detalhe: Você deve pagar por uma tradução oficial desta documentação, porém esta  é enviada diretamente aos responsáveis pela avaliação do PEBC, ou seja, a tradução é enviada diretamente sem que passe por você. Este procedimento tem como intuito evitar qualquer tipo possível de falsificação de dados e informações por meio do candidato.

Mediante à apresentação da tradução será avaliada a equivalência do ensino com relação à grade de matérias das universidades do Canadá.

Caso na avaliação seja constatado um nível inferior ou insuficiente com relação ao ensino,  o candidato deverá retornar aos estudo  e participar dos cursos e aulas ministrados pelas Universidades Canadenses.

Etapa 2

Prova de Equivalência.

Caso considerem o histórico escolar equivalente, o candidato deve se submeter a uma prova de  equivalência,  The Evaluating exam. O teste tem como finalidade avaliar  os  5 anos de ensino da universidade brasileira.  Então, basicamente tudo!!!! O PEBC avalia todo o conhecimento do farmacêutico brasileiro.

Etapa 3

Prova de Qualificação

Caso o candidato passe na prova de equivalência, deverá este ser submetido a outros testes:

  • Prova de Qualificação 1 – Teste escrito composto de diversos cálculos realizado em 2 dias com tempo marcado.
  • Prova de Qualificação 2 – Prova oral composta por cenários e atores. É super cara!

 

Na segunda prova de qualificação, os avaliadores disponibilizam cerca de 30 estações de quadros clínicos para avaliação oral. Desta forma, o candidato deve  aprender as Leis e praticá-las, pois faz parte da prova, além da aplicação do conhecimento técnico, é claro.

Etapa 4

Teste de inglês

No caso do candidato passar na prova, haverá um outro teste para provar o nível do inglês, com um certificado aprovado pelo  PEBC.

Etapa 5

Prova de jurisprudência

Prova de jurisprudência da província que for exercer a profissão.

 

Etapa 6

Estágio

farmaceuticas-canada

Realização de estágio por um ano.  Às vezes não pago.

Após o estágio, deve ser elaborado um relatório para poder exercer a profissão.

Este procedimento é válido para todas as províncias do Canada, exceto Quebec.

Para Quebec o farmacêutico deve voltar a estudar  na Universidade e as Leis são diferentes das demais províncias.

As etapas possivelmente seriam diferentes.

 

O processo todo é  lento e tem que estudar bastante!  Além disso, é caro…

 

Sobre a remuneração do farmacêutico no Canadá

medicamento-farmacia-canada-carreira

Após aprovação em todas as etapas acimas relacionadas,  e todo esforço para conquistar o certificado,  vem o reconhecimento de um salário digno e uma profissão valorizada pelo governo deste país e de sua respectiva população.

A respeito dos valores praticados, as seguintes informações são dos farmacêuticos de Ontario (rates for pharmacists in Ontario):

 It ranges from $50/hr – $60/hr.

  • Valores de R$ 118,50/h a R$ 142,20/h (cotação do dólar canadense em 23/10/2016 – R$ 2,37)

 

Dependendo da  posição/cargo e experiência. Ainda há os benefícios e impostos a serem pagos, incluindo impostos relacionados à aposentadoria.

  • Relief work:$55/hr (R$ 130,35/h). – geralmente este não tem benefícios e paga-se imposto sobre o valor (13%).

NOTA: Imposto baixo comparado ao Brasil: 11% de INSS + 27,5% de IR.

Isto em Retail (algo equivalente a drogarias no Brasil). Em indústria os valores praticados são diferentes.

 

O que aconteceu com a profissão nos dias de hoje?

Após a explosão de universidades neste país, assim como aconteceu no Brasil no início dos anos 2000, aumentou muito quantidade de profissionais farmacêuticos, sendo que o número de formandos por ano triplicou, e, consequentemente, o salário reduziu!

Os valores acima expressos eram aplicados até 2015. Agora, em 2016, os new graduates estão recebendo $20-30 por hora no máximo.

  • Relief work – 2016: $30/hr (R$ 71,10/h).

 

 

Conclusão

farmaceutica-no canada

Apesar das dificuldades, e até mesmo da redução do salário hora, visto o aumento da concorrência, se o seu sonho for ser um farmacêutico no Canadá, lute e vá até o final!

Ainda assim os valores recebidos pelos farmacêuticos canadenses são muito maiores que o piso dos brasileiros.

Boa sorte a todos!

Beijos!

Cibele

 

Texto escrito por Cibele Walsh, farmacêutica brasileira e canadense.

Artigo anteriorANVISA atualiza informes técnicos para a área de saneantes.
Próximo artigoVaga de Analista de Validação Pleno
Formada em 2000 em Farmácia industrial pela Faculdades de Ciências Farmacêuticas Oswaldo Cruz, começou a atuar na área farmacêutica em 1998 com projetos científicos e em farmácia de manipulação. Em 2001 iniciou sua carreia em indústria farmacêutica, atuando nas áreas de Controle de Qualidade, Garantia e Gestão de Sistemas da Qualidade, Qualificação e Validação. Com experiência de mais 17 anos no setor, trabalhando em indústrias farmacêuticas nacionais e multinacionais, hoje realiza consultorias e treinamentos para indústrias de medicamentos, indústrias de cosméticos e saneantes, distribuidoras e montadoras de equipamentos da área farmacêutica. Empresária, consultora, blogueira, fundadora do Portal Farmacêuticas e da consultoria que leva o mesmo nome, esposa e mãe de duas filhas, tem como nova missão a criação de um portal, Farmacêuticas, voltado exclusivamente para o mundo farmacêutico, com dicas de projetos, eventos, cursos e notícias.

56 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pela pesquisa e pelo auxílio aos aspirantes a farmacêutico neste país. Gostei bastante das dicas, só achei um tom um pouco pessimista, tudo muiiiito caro ou muito difícil.

    • Caro Diego,

      O parabéns na verdade é para a Cibele que estudou muito e se esforçou mais ainda para passar por todo este processo que é muito difícil. O mérito é todo dela!

      Infelizmente, ao comparar a metodologia aplicada no Canadá para fornecer um título de farmacêutico a um profissional estrangeiro, com o método utilizado no Brasil, principalmente para farmacêuticos de outros países pertencentes ao Mercosul, fica claro que estamos muito atrasados e até mesmos despreparados. Fica claro que somente uma análise do histórico escolar não é suficiente para validar um diploma estrangeiro.

      Realmente, o processo todo é caro e longo. Pode demorar anos.

      Mas tenha certeza que a conquista do título traz imensa alegria e certeza da vitória pessoal.

      Além disso, quando é muito fácil nem sempre damos o devido valor, não é?!?

      Abs

  2. Muito boa a materia. Sou farmaceutico formado no Brasil e atuando a profissao nos Estados Unidos. O sistema daqui e um pouco parecido com o canadense. Abracos.

  3. Boa tarde a todos. Obrigada pelas dicas.
    Trabalho na área industrial há 17 anos e gostaria de continuar nesta área no Canadá. As provas seriam as mesmas, mesmo sendo a experiência profissional diferente? Abraços e obrigada.

    • Oi, Cláudia!

      Creio que para validar o diploma de farmacêutica, as provas e etapas sejam estas independente da área.
      Caso atue em indústria, terá que verificar com a empresa contratante a necessidade de validação ou não do certificado. Caso tenha, aí não tem como fugir.

  4. Muito legal a matéria! Sou estudante de farmácia (3° período) e estou vendo quais serão minhas possibilidades de atuações. Com relação à trabalhar fora quem sabe um dia, mas precisarei de mais especialidades sólidas, contudo sou muito esforçado pra poder elevar minha futura categoria, e quem sabe um dia desfrutar dessa oportunidade de atuar nesse país. Coragem e perseverança eu tenho, só faltam alguns conhecimentos… hehehehe

  5. Olá, estou preste a terminar minha faculdade e tenho interesse em ir para o Canadá atuar lá, mas para isso preciso saber quanto é esse CUSTO todo que tanto se fala?

    • Oi, Núbia!

      Esta informação a respeito do custo a Cibele não quis informar.
      Posso tentar questioná-la, mas sei que na época, cerca de 7-10 anos atrás, foi algo bem caro.Lembrando que o processo todo levou anos para ser concluído. Portanto, leve em conta no seu cálculo o custo de moradia e alimentação, entre outros custos, para você morar lá.
      Assim que obtiver a informação coloco no post.
      De qualquer maneira, sugiro que entre em contato com o PEBC (Pharmacy Examining Board of Canada)para maiores informações.
      Fico na torcida para que consiga o seu diploma canadense.
      Abs,

  6. Olá Fernanda, tenho uma pergunta, nesse período de adaptação que de fato estamos impossibilitados de exercer a profissão o governo canadense oferece alguma espécie de auxilio moradia ou financeiro?

    • Oi, Paulo!

      Até onde eu sei, as custas de moradia e alimentação são por sua própria conta.
      Opções de trabalho, claro que não na área farmacêutica, não faltam.
      Como não é um cidadão, fica difícil contar com algum auxílio.
      É uma pena!
      Abs

  7. Olá, gostei muito do post! Parabéns, ficou top! A iniciativa tbm foi muito legal!

    Bom, a respeito do salario, seria isso para qual provincia?
    Na sua visao ai no canada… o mercado de trabalho para o farmaceutico esta em alta? A demanda de vagas?
    Tenho duvidas tbm em relação a especialização… imagino que seria mais interessante me especializar aqui no brasil e tentar a validação do diploma num todo. Ou vc acha que seria mais interessante fazer a especialização ai no canada?
    So mais uma pergunta! rsrs
    Amo manipulação… pretendia me especializar nela. Ai no canada, ela é bem vista?

    Abraços e tudo d bom!

  8. Olá!!!!!

    Adorei este post!!! Parabéns e obrigada pelas informações !
    Tenho algumas dúvidas:
    – caso tenha que fazer aulas para regularizar o diploma, seria possível trabalhar num outro turno para se manter ou teria aulas o dia todo??
    – vocês teriam alguma informação de como funciona a parte de perícia lá no Canada, pois tenho pós em Biologia, Genética e Toxicologia forense será que conseguiria trabalhar na área??

    Obrigada pelas informações!!!

    Abraços

    • Oi, Jamine!

      Até onde sei, caso tenha que voltar para a universidade as aulas seriam o dia todo, e por isso teria que trabalhar em outro lugar no período da noite (bar, restaurante, etc).
      Nos EUA, sei que poderia trabalhar como técnica em alguma farmácia, mas não sei o mesmo pode acontecer no Canadá.

      Vou tentar conseguir as informações e posteriormente enviarei. Estou devendo algumas respostas neste post, mas não consegui contato com a Cibele nos últimos tempos.

      Sobre a parte da perícia, eu realmente não saberia lhe informar. Tente contato com o PEBC (Pharmacy Examining Board of Canada). Talvez eles tenham mais informações sobre os requisitos necessários para exercer a carreia de perito. Mas imagino que não seja nada fácil.

      No mais, agradeço pelo carinho de suas palavras e espero que possa ter lhe ajudado de alguma maneira.

      Abraços,

  9. Oi Fernanda!

    Adorei o post! Bastante proveitoso!
    Mas fiquei com uma dúvida, se essas etapas podem ser realizadas de forma sucessiva caso não consiga ser aprovada de imediato.

    Abraço!

    • Oi, Filipe!

      Sobre as informações solicitadas, seguem os dados obtidos através do PEBC (http://www.pebc.ca/):

      PHARMACIST EVALUATING EXAMINATION DATES
      (Each administration held over 2 days)

      WINTER 2016: January 6 & 7, 2016
      Application deadline is October 2, 2015

      SUMMER 2016: July 5 & 6, 2016
      Application deadline is April 1, 2016

      Schedule of Fees – Pharmacists

      Fees must be paid in Canadian funds by certified cheque, money order or bank draft. Visa and MasterCard are accepted for document evaluation & examination fees if you apply using PEBC’s online application.

      Pharmacist Document Evaluation $530

      The Pharmacist Evaluating Examination $515
      Additional fee to write in London, UK $365
      Site Change, Evaluating Examination: $50
      Re-scoring (Hand scoring), The Pharmacist Evaluating Examination $75

      The Pharmacist Qualifying Examination – Part I MCQ: $400
      The Pharmacist Qualifying Examination – Part II OSCE: $1520
      Site Change, The Pharmacist Qualifying Examination Part I (MCQ): $50
      Site Change, The Pharmacist Qualifying Examination Part II (OSCE):$100
      Re-scoring (Hand scoring), The Pharmacist Qualifying Examination – Part I MCQ $75
      Re-scoring (Hand scoring), The Pharmacist Qualifying Examination – Part II OSCE $150

      Certificate Replacement $100

      Sending Licensing Statement/Good Standing Certificate to Provincial Licensing Authority $50

      Espero ter ajudado!

      Abs

  10. Olá, ricas informações.

    Tenho uma dúvida
    Existe algum limite de reprovação que impede o profissional de tirar o PEBC? Se sim, existe algum período de latência ou é permanente?

    Obrigado

  11. Muito boa matéria Fernanda…..tenho uma dúvida a respeito do tempo que a pessoa deve passar na Universidade….me formei em farmácia em 2004, e na época o meu curso tenha duração de apenas 4 anos..hoje em dia são 5 anos obrigatórios…..será que na etapa 1 eles aceitariam os 4 anos ou é da mesma forma que nos EUA, onde exigem 5 anos seguidos na universidade?

    • Oi, Ricardo!

      O melhor é entrar em contato com o PEBC para tirar este tipo de dúvida.
      No caso da Cibele, como ela se formou comigo em 2000, tenho certeza de que ela cursou os 5 anos e por isso não teve problemas. Mas como você cursou 4 anos, é bom verificar diretamente com eles.
      Abs e boa sorte!

  12. Olá! Estou no quarto ano de farmácia e gostaria de saber se há oportunidades de conseguir estágio remunerado nos EUA ou Canadá para constar como estágio obrigatório na minha formação. Alguém sabe me informar se há alguma empresa lá q ofereça esse tipo de oportunidade ?
    Parabéns pelo site !!!
    Obg ! (:

  13. Boa tarde!

    Trabalho no Conselho Regional de Farmácia no Brasil e gostaria de informações sobre como funciona a fiscalização da profissão no Canadá. Vocês tem conselho para se registrar ou instituições de referência?

    • Oi, Jennifer!

      Como as taxas podem ser reajustadas sem aviso prévio, além da grande variação da taxa cambial, não teria como precificar, mas deixei os links para consulta dos valores das taxas.
      Com relação à tradução juramentada, pode variar entre R$ 600,00 a mais de R$ 1.000,00, dependendo do seu estado, cidade, e relação de documentos solicitados.

  14. Ou seja né para o farmacêutico formado aqui no Brasil que tem que se manter com piso desvalorizado que recebemos do qual mal é apertadamente dá pra investir numa pós graduação validar o diploma num país como EUA ou Canadá é apenas um sonho que não tem como se realizar … Rsrs Lamentável!

  15. Olá,

    Estou pensando em me mudar para o Canadá com minha família (marido e filho). Sou formada em farmácia e bioquímica (ano de 2010), no entanto trabalhei muito pouco na área

    Gostaria de saber como posso me preparar para o PEBC, antes de me mudar. Vi na internet que há algumas instituições que dão cursos preparatórios para o exame (inclusive on-line), no entanto fiquei com dúvida se elas são realmente séria.

    Outra dúvida que fiquei é em relação as etapas, pois pelo que entendi, além deste teste (PEBC) há outras provas e também estágio probatório.

    Eu conseguiria trabalhar meio período para ajudar meu marido no custeio das despesas?

    E uma última pergunta, eu consigo tirar visto de estudante enquanto me preparo para o PEBC?

    Muito obrigada.

  16. Boa Tarde Fernanda; muito bom !!
    Como faço pra obter maiores informações para iniciar este processo ?
    Atenciosamente;
    Rodrigo Domenico

  17. Boa tarde, me tire uma dúvida se puder, por favor. Estava lendo sobre esse processo de validação de titulo nos EUA, porem vi em uma parte (do proprio site dos eua) que dizia: a criterio exclusivo da FPGEC ,os graus pos bacharelado serao revistos caso a caso para determinar se eles podem ser aplicados ao cumprimento minimo do curriculo exigido. No meu caso por exemplo, minha graduação foi de 4 anos e meio, que é farmacia generalista, porem eu tenho duas pós graduação, uma em farmacologia e interação medicamentosa, e farmacia clinica e hospitalar. No caso entao a criterio deles poderia ser aceito como um adicional aos anos de faculdade?
    aguardo!!

  18. Quanto tempo, em anos, a Cibele demorou pra conseguir passar por todo esse processo? No Canadá tem farmacêutico especialista em Saúde Mental? Grata!

  19. Olá me diz uma coisa. Pra quem é farmaceutico com mestrado e doutorado em química, seria possível ser mais fácil o processo ?

    • Oi, Guilherme!

      Infelizmente, acho pouco provável.

      Sugiro que entre em contato com o Conselho de Farmácia do Canadá para verificar esta questão, mas creio que a comparação da grade curricular do curso de farmácia no Brasil, mesmo com mestrado e doutorado, não elimine a necessidade de adequação das matérias específicas deste país e realização das provas.
      Mas se conseguir conte para nós depois.

      Abs,

  20. Olá, gostaria de ter indicações de cursos preparatórios para a validação do diploma de farmacêutico.
    Quanto a essa prova de cálculos que ela se refere são relacionados às matérias específicas do curso de farmácia?
    Por exemplo: Química, Física, Matemática, Bioestatística e Química Farmacêutica?
    Outra coisa, eu me formei no ano de 1998, o meu curso de farmácia era em período integral. Eu fiz 4 anos de Farmácia e mais 1 ano de Bioquímica, totalizando 05 anos. É válido, ou precisa ser 05 anos apenas em Farmácia?
    Grata,

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui